Utilizamos testemunhos de conexão (cookies) para lhe garantir a melhor experiência de navegação no nosso sítio Internet. Saiba mais sobre como utilizamos os testemunhos de conexão (cookies) e como pode mudar a sua configuração.

Donald Tusk, Presidente do Conselho Europeu

Em destaque

O Presidente Donald Tusk comprometeu-se a disponibilizar mais de 3 mil milhões de EUR para os sírios, 4 de fevereiro

O Presidente Donald Tusk participou, juntamente com a Alta Representante da UE/Vice-Presidente da Comissão Federica Mogherini e os comissários Johannes Hahn e Christos Stylianides, na conferência "Apoio à Síria e à região", em Londres.

Na conferência, o Presidente Donald Tusk anunciou uma contribuição da UE para os esforços humanitários da comunidade internacional em 2016 no valor de 3 mil milhões de EUR

A União Europeia e os seus Estados-Membros lideram, em conjunto, a resposta internacional à crise. Foi já mobilizado um montante superior a 5 mil milhões de EUR para ajudar os sírios no seu país, bem como os refugiados e as suas comunidades de acolhimento nos países vizinhos – no Líbano, na Jordânia, no Iraque, na Turquia e no Egito.

A Síria vive a maior crise humanitária do mundo. A conferência foi coorganizada pelo Reino Unido, a Alemanha, o Koweit, a Noruega e as Nações Unidas, e reuniu os dirigentes mundiais com o objetivo de angariar os fundos necessários para ajudar milhões de pessoas cujas vidas foram destroçadas pelo conflito que assola a região.

Na conferência, os dirigentes comprometeram-se igualmente a colaborar no sentido de:

  • angariar um novo financiamento significativo para assegurar a ajuda humanitária urgente e dar resposta às necessidades a mais longo prazo
  • definir objetivos ambiciosos em termos de educação e oportunidades económicas para transformar a vida das pessoas afetadas pelo conflito na Síria, mas também dos refugiados nos países vizinhos
  • exigir a proteção da população civil e procurar encontrar uma solução política que ponha termo ao conflito sírio

Proposta de um novo quadro para o Reino Unido na União Europeia

Em 2 de fevereiro de 2016, o Presidente Donald Tusk apresentou uma proposta para o estabelecimento de um novo quadro para o Reino Unido que tem em conta todas as preocupações manifestadas pelo Primeiro-Ministro David Cameron. A proposta constitui uma boa base para as negociações de um compromisso com os 28 Estados-Membros.

"Estarmos ou não estarmos juntos, eis a questão a que tem de ser dada uma resposta, não só pelo povo britânico mas também pelos outros 27 Estados-Membros da UE nas próximas duas semanas."

Donald Tusk, Presidente do Conselho Europeu

Próxima reunião do Conselho Europeu, 18-19 de fevereiro de 2016 

O Conselho Europeu centrar-se-á em duas questões principais:

Reino Unido

No seguimento do debate sobre os planos do Reino Unido para realizar um referendo (sobre a saída/permanência na União), o Presidente Donald Tusk apresentou uma proposta de um novo quadro que tem em conta todas as preocupações manifestadas pelo Primeiro-Ministro David Cameron. 

A proposta deverá constituir uma boa base para alcançar um acordo no próximo Conselho Europeu.

Migração

O Conselho Europeu fará o balanço da aplicação das decisões que tomou em resposta à crise da migração e dos refugiados

Desde 1 de dezembro de 2014, Donald Tusk preside ao Conselho Europeu, a instituição que define as orientações e prioridades políticas da UE. Donald Tusk é responsável por preparar e presidir as reuniões desta instituição. Assegura também, ao nível das funções que exerce, a representação da União no exterior em matéria de política externa e de segurança comum.