Utilizamos testemunhos de conexão (cookies) para lhe garantir a melhor experiência de navegação no nosso sítio Internet. Saiba mais sobre como utilizamos os testemunhos de conexão (cookies) e como pode mudar a sua configuração.

Donald Tusk, Presidente do Conselho Europeu

Em destaque

Cimeira do G7, Japão, 26-27 de maio de 2016

Em 26 e 27 de maio, o Presidente Donald Tusk participou na Cimeira do G7 em Ise-Xima (Japão), onde representou a UE, juntamente com o Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

O G7 apelou a uma resposta mundial para a crise migratória e dos refugiados. Os dirigentes comprometeram-se a aumentar a assistência mundial para dar resposta às necessidades dos refugiados e das comunidades de acolhimento. Apelaram às instituições financeiras e doadores bilaterais para aumentarem a assistência que prestam.

“Estamos cientes de que por razões de geografia a maior responsabilidade recai e vai continuar a recair sobre a Europa. Gostaríamos, no entanto, que a comunidade internacional desse mostras de solidariedade e reconhecesse que estamos perante uma crise mundial. Por esse motivo vamos procurar o apoio dos nossos parceiros do G7”, afirmou Donald Tusk numa sessão de informação à imprensa antes da cimeira.

O G7 recordou a sua especial responsabilidade de liderar os esforços internacionais para combater o aumento do extremismo e outros desafios que ameaçam seriamente a atual ordem internacional baseada em regras. Os dirigentes abordaram também a situação na Ucrânia, apelando à plena implementação dos acordos de Minsk.

“Há dois anos, o G7 deu provas de unidade com a Europa, quando se desencadeou o conflito na Ucrânia. E permanecemos unidos durante esse conflito. A União Europeia, tal como todo o G7, continua a crer que esta crise só pode ser solucionada na plena observância do direito internacional”, afirmou o Presidente Donald Tusk.

Os dirigentes também debateram a economia. Comprometeram-se a utilizar todos os instrumentos de política, incluindo instrumentos monetários, orçamentais e estruturais, para conseguir um padrão de crescimento sustentável e equilibrado. Reafirmaram também o seu empenho em combater todas as formas de protecionismo e de usar o comércio para gerar oportunidades económicas para os trabalhadores, os consumidores e as empresas.

À margem da reunião do G7, o Presidente Donald Tusk reuniu-se com o Primeiro-Ministro do Canadá, Justin Trudeau, e com o Primeiro-Ministro do Vietname, Nguyễn Xuân Phúc.

Desde 1 de dezembro de 2014, Donald Tusk preside ao Conselho Europeu, a instituição que define as orientações e prioridades políticas da UE. Donald Tusk é responsável pela preparação e presidência das reuniões desta instituição. Assegura também, ao nível das funções que exerce, a representação da UE no exterior em matéria de política externa e de segurança comum.

O conteúdo é apresentado na língua original se não houver tradução disponível