Utilizamos testemunhos de conexão (cookies) para lhe garantir a melhor experiência de navegação no nosso sítio Internet. Saiba mais sobre como utilizamos os testemunhos de conexão (cookies) e como pode mudar a sua configuração.

Donald Tusk, Presidente do Conselho Europeu

Em destaque

Visita à Arménia, à Geórgia e ao Azerbaijão, 20-22 de julho de 2015

De 20 a 22 de julho, o Presidente Tusk visitou a Arménia, a Geórgia e o Azerbaijão, para acompanhar os resultados da Cimeira da Parceria Oriental realizada em Riga em 21 e 22 de maio de 2015.

Por ocasião da cimeira, o Presidente Tusk destacou a importância de serem feitos, em conjunto com os parceiros orientais, progressos concretos em matérias como o comércio, a energia, os transportes, a mobilidade e as reformas.

Esta visita à Arménia, à Geórgia e ao Azerbaijão é uma boa oportunidade para demonstrar a determinação da UE em estabelecer relações mais próximas e diferenciadas com os seus parceiros independentes e soberanos.

Em 20 de julho, numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente da Arménia, Serzh Sargsyanin, Donald Tusk reiterou o empenhamento da UE em melhorar e aprofundar a cooperação com a Arménia em todos os domínios possíveis.

Na Geórgia, Donald Tusk reuniu-se com o Presidente Giorgi Margvelashvili. Debateram a aplicação do Acordo de Associação e os progressos realizados no sentido de cumprir os requisitos do regime de isenção de vistos. Referindo o difícil contexto regional e internacional, Donald Tusk destacou o apoio da UE à integridade territorial e à soberania da Geórgia

Em 21 de julho, o Presidente Tusk visitou a Missão de Observação da UE (EUMM) na Geórgia, cujo mandato foi prolongado até 2016.

Reuniu-se com Primeiro-Ministro Irakli Garibashvili.

O Presidente Tusk também falou aos soldados georgianos mobilizados para a operação da UE na República Centro-Africana (EUMAM RCA).

Em 22 de julho, no Azerbaijão, Donald Tusk reuniu-se com o Presidente Ilham Aliyev para debater a Parceria Oriental e as relações bilaterais entre o Azerbaijão e a UE. Os presidentes congratularam-se com o facto de as negociações sobre um Acordo de Parceria Estratégica estarem prestes a começar. Debateram também questões relacionadas com a energia, o conflito no Nagorno-Karabakh e os direitos humanos.

Cimeira do Euro sobre a Grécia, 12 de julho de 2015

O Presidente Donald Tusk convocou uma cimeira extraordinária do Euro para debater a situação após o referendo na Grécia.

Os dirigentes dos Estados-Membros da área do euro acordaram que, em princípio, será dado início às negociações de um programa de assistência financeira do MEE para a Grécia.

"Congratulo-me com os progressos e saúdo a posição construtiva da Grécia, que ajuda a repor a confiança entre os parceiros da área do euro", disse o Presidente da cimeira do Euro, Donald Tusk.

Diversas condições rigorosas tiveram de ser cumpridas antes de se poderem iniciar formalmente as negociações.

Em 17 de julho de 2015, o Eurogrupo saudou o facto de terem sido concluídos com êxito os procedimentos nacionais relacionados com a decisão de conceder à Grécia, em princípio, um apoio à estabilidade durante três anos ao abrigo do MEE e, em especial, as recentes medidas legislativas que o parlamento grego rapidamente tomou como primeiro passo para o restabelecimento da confiança.

Em 17 de julho de 2015, o Conselho adotou também a decisão de conceder à Grécia até 7,16 mil milhões de euros de assistência financeira a curto prazo.

Desde 1 de dezembro de 2014, Donald Tusk preside ao Conselho Europeu, a instituição que define as orientações e prioridades políticas da UE. Donald Tusk é responsável por preparar e presidir as reuniões desta instituição. Assegura também, ao nível das funções que exerce, a representação da União no exterior em matéria de política externa e de segurança comum.