Consultas antes da Cimeira de Bratislava

Em agosto e setembro de 2016, o Presidente Donald Tusk consultou todos os dirigentes da UE antes da reunião em Bratislava.

"Não tenho dúvidas de que os três desafios principais são a migração irregular descontrolada, o terrorismo e os receios face à globalização", referiu o Presidente Tusk antes da reunião com o Primeiro-Ministro sueco, Stefan Löfven, em Estocolmo. "A minha ambição é que possamos chegar a acordo em Bratislava sobre as principais prioridades e sobre o que temos de fazer quanto a elas nos próximos meses."

Na sua carta de convite para a reunião, o Presidente Donald Tusk salientou que a Cimeira de Bratislava deverá igualmente fornecer um roteiro para outras iniciativas importantes, como o desenvolvimento económico e social, o emprego e as oportunidades para os jovens, o mercado único, a agenda digital e o investimento.

"A solução para um equilíbrio saudável entre as prioridades dos Estados-Membros e as da União está nas capitais nacionais", escreveu Donald Tusk. "As instituições devem apoiar as prioridades acordadas entre os Estados-Membros e não impor as suas próprias prioridades", acrescentou.

Em 8 de setembro, o Presidente Donald Tusk também viajou até Londres, onde trocou opiniões com a Primeira-Ministra do Reino Unido, Theresa May.

"Disse à Primeira-Ministra Theresa May que estou convencido de que é do interesse de todos começar as negociações em breve para minimizar e, mais tarde, eliminar as incertezas", afirmou o Presidente depois da reunião.